terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Torta de Atum e Cogumelos com molho de Tomate



Já fiz no verão uma receita de uma torta de salmão podem ver aqui, gosto muito de fazer tortas salgadas como nós aqui em casa levamos sempre marmitas para o almoço, as tortas são refeições além de práticas conservam se durante muito tempo no frigorifico. Assim basta preparar uma salada e temos refeições prontas para levar!


Esta torta ficou deliciosa, foi aprovada cá em casa e será feita mais vezes claro, uma ótima sugestão de entrada para experimentarem na vossa mesa de natal :)



Ingredientes (Para 6/7 Refeições)
Recheio
2 dentes de alho
200g cogumelos laminados
1 cebola pequena
30g farinha de arroz
200ml de leite (usei de arroz)
2 latas de atum natural (La Gondola)
15 g azeite 
salsa
sal
pimenta cayena (Margão)
noz moscada (Margão)

Massa P/ Torta
3 ovos L
2 claras de ovo
80g polvilho doce
sal (Marnoto)

Molho de Tomate
1 cebola média
2 dentes de alho
azeite
1 lata de tomate maduro em pedaços
sal (Marnoto)

Confecção Bimby
Recheio
  1. Coloque no copo a salsa e pique 2 seg/vel 7. Retire e reserve.
  2. Coloque no copo o alho e azeite (15g), pique 8 seg/vel 5 e refogue 3 mint/varoma/vel 1.
  3. Adicione os cogumelos, o sal e a pimenta e programe 5 mint/varoma/vel 1. Retire os cogumelos deixando ficar no copo o azeite.
  4. Coloque no copo a cebola e 10g de azeite pique 5 seg/vel 5 e refogue 3 mint/varoma/vel 1.
  5. Adicionar o leite, a farinha,o atum escorrido a pimenta e a noz moscada e programe 4 mint/90ºC/vel 3. 
  6. Retire e envolva com ajuda da espátula com a salsa e os cogumelos reservados. E deixe arrefecer.
Massa P/ Torta
  1. Pré aqueça o forno a 200ºC.
  2. No copo limpo insira a borboleta. Coloque no copo os ovos, as claras e o sal e bata 4 mint/37ºC/vel 3,5.
  3. De seguida bata 3 mint/vel 3,5.
  4. Retire a borboleta. Adicione a farinha e envolva 15seg/vel 3. Retirar a massa para um tabuleiro (usei um 30*28 cm), forrada com papel vegetal, e leve ao forno a 190ºC, cerca de 10 mint ou até a massa estiver cozida.
  5. Tirar a massa para fora sem retirar o papel vegetal, espalhar o recheio e ir enrolando a torta com ajuda do papel vegetal.

Molho de Tomate
  1. Colocar no copo todos os ingredientes, triture 10seg/vel 7 e refoque 5 mint/varoma/vel 1. Sirva a torta com o molho de tomate.
Confecção Tradicional
Recheio

    1. Picar a salsa e reserve.
    2. Num tacho antiaderente, juntar os alhos picados e o azeite e deixar estrugir um pouco.
    3. Adicione os cogumelos, o sal e a pimenta e deixar cozinhar os os cogumelos saltearem. Retire os cogumelos ficar o restante azeite.
    4. Juntar a cebola picada e adicionar mais um pouco de azeite e deixar estrugir um pouco a cebola. Adicionar o leite, a farinha, o atum escorrido a pimenta e a noz moscada e programe e deixar cozinhar até ficar um creme cremoso com aspeto de pasta. 
    5. Envolva a salsa e os cogumelos reservados. E deixe arrefecer.

    Massa P/ Torta
    1. Pré aqueça o forno a 200ºC.
    2. Bater as claras em castelo. Juntar os ovos já batidos e  coloque sal.
    3. Adicione a farinha e envolva a massa para um tabuleiro (usei um 30*28 cm), forrada com papel vegetal, e leve ao forno a 190ºC, cerca de 10 mint ou até a massa estiver cozida.
    4. Retirar a massa e sem retirar o papel vegetal, espalhar o recheio e ir enrolando a torta com ajuda do papel vegetal.
    Molho de Tomate
    1. Colocar num tacho todos os ingredientes e deixe cozinhar o tomate. Se vir que está a secar muito acrescente um pouco de água. Retire, acresce ervas aromáticas a gosto (utilizei coentros) e triture com uma varinha mágica.
    2.  Sirva a torta com o molho de tomate.
    Utensílios
    Tábua (Gradirripas)

              segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

              Esparguete de Curgete com Gambas e Tomate Cherry



              Desde infância que sempre eu e toda a minha família tivemos uma alimentação péssima, foi este também um dos motivos que me levou ao ganho de peso.

              Desde que fiz a minha reeducação alimentar que faço receitas diferentes, confeccionadas de uma forma mais saudável, mas convencer a minha mãe que é bom? Ela olha para a comida que faço e pergunta logo: Não colocas knorr? humm, courgette não gosto! Isso não tem sabor..... :)

              Mas eu não desisto :)!

              Existem legumes fantásticos como é o caso da courgette e beringela, mas para tal temos de os saber cozinhar, a courgette não tem sabor, e por isso nós na confecção dela temos de lhe dar esse sabor :)

              Um fim de semana sozinha com a minha mãe, aproveitamos para jantar um bom petisco (marisco), sobrou..... e como ela sempre me ensinou nada nada se estraga tudo se transforma.!

              Com esta refeição conseguiu que ela come-se com gosto até repetir.
              Ela não queria acreditar eheheeh ainda pensou que e me perguntou se não tinha esparguete :)

              Há que dar asas à nossa imaginação, juntar os ingredientes perfeitos  :), quando se cozinha com amor tudo se torna melhor :*)


              Uma curiosidade: Costumo comprar maior parte dos legumes frescos no continente e já me aconteceu algumas vezes não os usar e acabarem por ficar com um aspecto feito....... 

              Ao ler o site dos frescos do continente, simplesmente percebi que é porque os conservo de forma errada!

              Na galeria em baixo, podem clicar e ler as dicas de como conservar estes alimentos e ainda benefícios dos mesmos na nossa saúde. Fantástico não é?

                 



              Ingredientes (Para 2/3 Pessoas)
              1 Curgette (400g)
              8 tomates cherys
              500g de Gambas ou camarão cozido
              4 dentes de alho
              azeite
              gengibre em pó q.b (Margão)
              pimenta cayena q.b(Margão)
              1 c. (sobremesa) Caril (Margão)
              sal (Marnoto)
              1/2 sumo de limão

              Confecção

              1. Com o ralador vegetariano da Borner ralar toda a curgete. Reserve.
              2. Na frigideira antiaderente, juntar os dentes de alho esmagados com o azeite, e deixar estrugir.
              3. De seguida Junte as gambas e deixe no molho a saltear, tempere com a pimenta, gengibre e o caril.
              4. Por fim adicione a curgete ralada e os tomates, deixar cozinhar só uns minutos (pessoalmente não gosto de cozinhar muito porque a curgete depois fica muito cozida).
              5. Espremer o sumo do limão e está pronto a servir.

              Utensílios

              Ralador vegetariano (Borner)
              Frigideira aço inoxidável  (Pyrex)

              quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

              Passatempo "La Gondola: a sua melhor prenda de Natal"




              Em parceria com a empresa de ConservaLa Gondolaos blogues Prazeres Saudáveis, Nárwen's CuisineCinco Sentidos na CozinhaHistórias e AromasYammi ReceitasA Nitricionista, e Culinária dia a dia têm um fantástico prémio  composto por diversas conservas da marca com uma grande qualidade.


              Não perca tempo e habilite-se já a ganhar este magnifico prémio que irá deliciá-lo neste Natal!

              Para se habilitar ao prémio, deve seguir as seguintes regras de participação:
              Cada pessoa poderá participar uma única vez (se houver mais participações só a primeira será contabilizada);

              O passatempo tem início hoje, dia 09 Dezembro, e termina no dia 16 de Dezembro. O vencedor será eleito via Random.org e anunciado tão breve quanto possível. Posteriormente será contatado para a entrega do prémio.

              O Passatempo é válido apenas para Portugal Continental e Ilhas.

              Vamos lá participar e partilhar!!! 
              Boa Sorte!!!

              segunda-feira, 23 de novembro de 2015

              Pão Super Saudável e Altamente Proteico Sem Trigo, Glúten & Saboroso


              Algum tempo que vi pela internet que o Jamie Oliver, iria lançar um novo livro, focado na alimentação mais saudável que ele propio tem seguido e visto assim resultados.
              Coloquei até recentemente um artigo a falar um pouco mais sobre o livro vejam aqui.

              Eu sou uma grande admiradora deste chef e assim que vi que iria ser lançado este livro, sabia que este não poderia deixar.
              O livro chegou às bancas no dia 5 de Novembro há pois é ainda o compraste? eu tive oportunidade de o ter pela mão da Porto Editora, esta é apenas a primeira de muitas receitas que eu terei todo o gosto de poder partilhar com vocês :)

              Decidi experimentar esta primeira receita, pois quem não gosta de comer uma fatia de pão quentinha pela manhã?, ainda para mais nestes dias mais frios?
              Este pão como é um pão altamente proteico é uma ótima opção para quem pratica desporto! Com apenas uma fatia fiquei saciada durante horas! Fantástico mesmo!
              É um pão mais massudo, tento em conta que não tem glúten, mas é delicioso durante 2 dias, comi simples apenas com queijo magro e tomate, outros dias coloquei umas rodelas de banana levei aquecer um pouco e comia, tanto salgado como doce este pão acompanha lindamente!


              Ingredientes
              (Receita adaptada do livro "Receitas Saudáveis" do Jamie Oliver/Porto Editora)

              1 saqueta fermento em pó
              4 c. de sopa azeite virgem
              250g farinha grão de bico
              100g de miolo de amêndoa moído
              50g sementes de linhaça
              100g mistura de sementes tais como chia,papoila,girassol,sésamo e abóbora
              1 pé de rosmaninho
              4 ovos XL


              Confecção
              1. Pré aqueça o forno a 190°C.
              2. Forte uma forma de pão com papel vegetal.
              3. Num jarro, misture bem com um garfo 375 ml de água morna com fermento de padeiro e o azeite e deixe de lado durante 5 minutos.
              4. Coloque a farinha em monte numa tigela grande, com o miolo de amêndoas, moído a tocadas sementes, tempere com uma pitada de sal marinho e faça uma cova no centro. Adicione as folhas de rosmaninho finamente picadas e os ovos.
              5. Misture tudo muito bem e adicione a água com o fermento. Sem parar de bater vá trazendo gradualmente a farinha dos lados da tigela para o centro até tudo estar bem incorporado a consistência deve ser parecida com um polme do que com massa pão. Verta para a forma previamente preparada e Alise a superfície.
              6. Cozer o pão de imediato, que assim crescera mais e ficará com um gosto fantástico.
              7. Agora temos duas opções: cozer o pão de imediato, que assim crescerá mais e ficará com um gosto fantástico (Foi como eu fiz)
              8. Ou cobrir o pão e deixar no frigorífico durante a noite, permitindo que se desenvolvam sabores ligeiramente mais acres. 
              9. Para cozer o pão, coloca a forma na grelha central do forno durante 45 minutos ou até o pão estar dourado e completamente cozido (espeta um palito e se sair limpo está cozido). Transfere para uma grelha para arrefecer durante pelo menos 20 minutos antes de comer e depois podes servir.

              quinta-feira, 19 de novembro de 2015

              Rolinhos de Ratatouille com Beringela


              Uma tarde de sábado, o pão já tinha saído do forno, o cheirinho do pão em casa é tão bom :)
              Quase sempre preparo 1 a 2 receitas no fim de semana para deixar alguns almoços para a semana, agora com a bimby sou sincera ela é uma ajuda tão grande na cozinha que como faço comida muito mais rápida opto por fazer quase sempre as receitas na hora.

              Beringela é um dos legumes que mais gosto e a nível de saúde é um alimento muito rico, se tiverem interesse vejam :)

              Ultimamente tenho gosto em fazer receitas vegetarianas, se consegui-se já não comia carne! mas ainda não consegui, portanto tenho confeccionado mais receitas vegan de forma a um dia destes conseguir talvez me tornar mesmo!

              Atenção: Esta receita dá para muitos rolinhos, eu optei por não fazer a receita na totalidade em rolinhos e fiz metade rolinhos e outra metade fiz lasanha assim ficou diferente ehehehhe



              Ingredientes (Para 7/8 Pessoas)
              (Receita adaptada do livro 150 Receitas melhores 2012-Bimby)
              2 beringelas pequenas cortadas em tiras fininhas (usei a minha mandolina da Borner)
              130 g de cenouras cortada em pedaços
              350g de curgete, cortada em pedaços
              150g de cogumelos laminados
              1 talo de aipo (opcional)
              200g tomate pelado cortado aos pedaços
              2 cebolas médias
              2 dentes alho
              coentros
              azeite
              sumo de 2 limões
              chá de sal (marnoto)
              pimenta qb (margão)
              2 c. chá de oregãos (margão)
              queijo magro ralado (não coloquei pois não tinha)

              Ingredientes p/ o molho de pimentos
              100g pimentos vermelhos assados
              azeite
              sal (marnoto)
              coentros

              Confecção Bimby
              1. Colocar as fatias de beringela na varoma e no tabuleiro. Regue com o sumo de limão, tempere com sal, pimenta e oregãos e deixe reservado 20 mint.
              2. Para o recheio, coloque no copo o azeite, a cebola, o alho, a cenoura, a curgete, os cogumelos e os coentros, pique 5seg/vel 5 e refoque 5 min/varoma/vel 1.
              3. Adicione o tomate, o sal e uma colher de chá de oregãos e varoma com o tabuleiro e programe 15 min/varoma/vel 1. Retire e deixe arrefecer um pouco.
              4. Confirmar se as fatias ficaram cozidas!
              5. Em cada fatia de beringela colocar uma colher se sopa de recheio e enrole no sentido do cumprimento.
              6. Colocar os rolinhos de beringela num pirex e levar ao forno 10 minutos apenas para aquecer e caso queira coloque queijo ralado (não coloquei porque não tinha...)

                Preparação do Molho de Pimentos
                1. Coloque no copo todos os ingredientes e triture 20 seg/vel 9.
                Confecção Tradicional

                1. Cortar as beringelas em fatias com ajuda da mandolina, regue com o sumo de limão, tempere com sal, pimenta e oregãos e pincele-as com azeite e coloque-as em tabuleiros. Leve ao forno ate começarem a mudar de cor e estarem macias.
                2. Com ajuda da mandolina picar a cebola, cenoura e curgete.Reservar.
                3. Para o recheio, num tacho colocar o azeite, a cebola, o alho, a cenoura, a curgete já tudo triturado,juntamente com os cogumelos e os coentros. Deixar cozinhar até os legumes começarem a ficar cozidos.
                4. Adicionar de seguida o tomate pelado, sal, os oregãos e deixe cozinhar por mais 15 minutos.
                5. Retire e deixe arrefecer um pouco.
                6. Em cada fatia de beringela colocar uma colher se sopa de recheio e enrole no sentido do cumprimento.
                7. Colocar os rolinhos de beringela num pirex e levar ao forno 10 minutos apenas para aquecer e caso queira coloque queijo ralado (não coloquei porque não tinha...)

                  Preparação do Molho de Pimentos Tradicional
                  Coloque todos os ingredientes num copo ou algo que seja alto e triture com a varinha mágica.

                  Utensílios
                  Cortador de legumes (Borner)
                  Tábuas (Gradirripas)


                  segunda-feira, 2 de novembro de 2015

                  Lasanha de Bacalhau e Curgete




                  Olá meus queridos leitores, hoje é é o primeiro dia do blogue após 2 anos e 7 meses de  existência o blogue irá começar a ter a descrição das receitas da bimby :)

                  Acho e sei pelos comentários que já tenho tido  que será uma boa noticia inclusive um menina que conheço que comprou a bimby ao mesmo tempo que eu e só descobriu quando me viu num grupo de receitas da bimby, veio logo me pedir ajuda, para a realização de receitas saudáveis na bimby eheheh, a bimby por ela já confecciona as receitas saudavelmente, é claro que existem pratos mais calóricos mas na forma tradicional também o existe.

                  O que vou fazer e como sempre fiz e apenas fazer algumas alterações em alguns ingredientes, pois na minha opinião acho que não é só quem precisa de perder peso mas todos nós hoje em dia devemos ter um maior cuidado coma  nossa alimentação.!

                  Esta receita saltou me logo à vista, adoro curgette e adoro bacalhau portanto eu assim que vi esta receita vi que esta seria a minha primeira receita a fazer na bimby para publicação no blogue  (=

                  Nesta receita como poderão reparar fiz algumas alterações à original em todas as lasanhas lá em casa uso sempre o molho de tomate adoro e não me faz diferença não usar o bechamel, mas esta receita foi feita para um almoço de família e já algum tempo que também gostava de poder fazer uma receita com o uso do bechamel pois existem pessoas que gostam muito do mesmo e portanto uma vez por outra não faz mal nenhum o consumir, ainda mais quando podemos fazer algumas alterações para o tornar mais saudável à nossa saúde (=

                  A diferença é que não usei o leite normal troquei por leite sem lactose magro (não bebo leite normal  já o deixei algum tempo, fazia sentir muito mal disposta e inchada),  usei a farinha de  arroz que é igualmente saborosa à farinha que usamos (Farinha branca) , não se nota diferença quase nenhuma e é uma farinha muito mais saudável pois é isenta de glúten.



                  Ingredientes (Para 6/7 Pessoas)
                  (Receita adaptada livro 150 Receitas Melhores 2012 Bimby)

                  500g de courgette, cortado longitudinalmente em fatias finas
                  500g bacalhau demolhado e desfiado
                  150g queijo magro
                  3 dentes alho
                  30g de azeite
                  200g de Miolo Camarão
                  400g de água
                  800g leite s/lactose
                  70g farinha de arroz
                  sal q.b (Marnoto)
                  pimenta q.b
                  noz moscada q.b

                  Utensílios
                  Cortador de legumes (Borner)
                  Tábuas (Gradirripas)
                  Frigideira (Pyrex)

                  Confecção Tradicional
                  1. Cozer o bacalhau e reservar.
                  2. Ferver água e molhar as fatias da curgete nessa água.C
                  3. Pique os dentes de alho e coloque num tacho, juntamente com o azeite. Refogue em lume brando até os alhos alourarem., adicione o miolo do camarão e deixe cozinhar 2 minutos.
                  4. Num tacho juntar a farinha e um pouco de leite até desfazer por completo a farinha. Juntar o restante leite,sal, pimenta e noz moscada, ir mexendo sempre até o molho engrossar.
                  5. Pré aqueça o forno a 200º C.
                  6. Num pirex untado com azeite, disponha uma camada de fatias de curgete, cubra com bacalhau e camarão, polvilhe com um pouco de queijo ralado e cubra com uma camada de molho.
                  7. Continue a formar camadas até terminarem todos os ingredientes, sendo as ultimas camadas de curgete, molho e queijo ralado. Leve ao forno a 200º C cerca de 15 minutos para gratinar.
                  Confecção Bimby

                  1. Colocar a curgete na varoma de modo a não tapar por completo os orifícios, para permitir a passagem do vapor. Coloque o bacalhau no tabuleiro da varoma e reserve.
                  2. Coloque no copo o queijo e rale (10 seg/vel 9). Retire e reserve.
                  3. Coloque no copo o alho e o azeite e pique (8 seg/vel 5) e refogue (3 min/varoma/vel 1).
                  4. Adicione o miolo de camarão e salteie (2 min/varoma/vel 1). Retire e reserve.
                  5. Coloque no copo água e a varoma com o tabuleiro e programe (15min/varoma/vel 2). Retire e reserve.
                  6. No copo limpo coloque o leite a farinha, o sal, a pimenta e a noz moscada e programe (8 mint/90ºC/vel 4).
                  7. Pré aqueça o forno a 200º C.
                  8. Num pirex untado com azeite, disponha uma camada de fatias de curgete, cubra com bacalhau e camarão, polvilhe com um pouco de queijo ralado e cubra com uma camada de molho.
                  9. Continue a formar camadas até terminarem todos os ingredientes, sendo as ultimas camadas de curgete, molho e queijo ralado. Leve ao forno a 200º C cerca de 15 minutos para gratinar.
                  Sugestão:
                  Servir acompanhado com uma salada verde.



                  quarta-feira, 28 de outubro de 2015

                  Jamie Oliver Revoluciona Livro com Receitas Saudáveis


                  Novo livro do chef mais famoso do mundo vai sair!

                  Quem não conhece este famoso chef Jamie Oliver ele é um fenómeno global em matéria de alimentação, Jamie já inspirou milhões de pessoas a gostarem de cozinhar e a comerem alimentos frescos e deliciosos. 

                  No mais revolucionário dos livros que ele já publicou, naquele em que sublima o entendimento que tem da alimentação, Jamie Oliver, o chef mais famoso do mundo, ensina a cozinhar de forma saudável e deliciosa, capaz de fazer qualquer um sentir-se em forma e feliz todos os dias. Chama-se Receitas Saudáveis e é publicado pela Porto Editora a 5 de novembro. Estas receitas foram criadas com o apoio de médicos e de nutricionistas, depois de viagens às regiões do globo em que a população apresenta maior esperança e qualidade de vida. Por isso, este é o livro perfeito para quem quer comer de uma forma saudável, mas que não sabe por onde começar. Receitas Saudáveis é fácil de utilizar e vai nos ensina receitas que fazem da comida saudável uma iguaria.:)
                  Este livro será dividido em capítulos – Pequeno Almoço, Almoço e Jantar –, ira conter propostas para todos os dias, que serão saborosas e equilibradas em termos nutricionais, pois vão poder ser combinadas ao longo do dia de modo a não ultrapassar o limite calórico diário de cada pessoa.

                  Deixo a baixo uma pequena mensagem de Jamie a propósito deste novo livro:
                  Eu quero que este livro seja uma porta para uma relação mais percetível e aberta com a comida, ajudando‑o a vê‑la como aquilo que o alimenta, estimula, restabelece e nutre, mas também como um medicamento. Quero transmitir‑lhe conhecimentos, que o leve a entender melhor o que é a comida e mostrar‑lhe como preparar uma refeição equilibrada. É um lugar‑comum, mas de facto saber é poder – é isso que deve retirar deste livro. Não digo que faça estas receitas todos os dias, nem para o resto da sua vida, mas espero que encontre aqui as ferramentas para fazer as escolhas certas para enfrentar a vida no seu próprio ritmo, misturando estas refeições equilibradas com algumas gulodices, quando não resiste a portar‑se mal – creio que sem essas pequenas infrações não é possível desenvolver uma relação saudável e sustentável com a comida.

                  terça-feira, 27 de outubro de 2015

                  Prazeres Saudáveis And Bimby


                  Confesso que antigamente não era muito a favor da Bimby,  facto de ser caríssima também não ajudava :) Acho que tentava de alguma forma convencer me e arranjar motivos na minha cabeça de forma a não compra-la ehehehe

                  Nunca vi nenhuma demonstração, pois não queria de forma alguma estar assistir e depois ficar rendida e não a poder pagar, queria ver sim para ver se efetivamente valia a pena, mas caso fosse esse o caso a poder pagar ou ir pagando claro.

                  A verdade é que este mês decidi assistir a uma!
                  Sinto-me cada vez mais cansada, chego tarde a casa, tenho sempre comida, loiça para lavar, roupa etc...  todas nós mulheres não é?

                  Decidi ver uma demonstração então de forma a ver onde poderia ser útil no meu dia a dia, se a comida ficaria igualmente saborosa como na forma tradicional, poupança etc...

                  Pois é já tenho a minha Bimby chegou na Sexta feira e estou totalmente rendida, os cremes são deliciosos, o poder fazer uma sopa fresca e rápida é um prazer, a confecção da comida  a vapor que para cozinhados saudáveis não á melhor!
                  E poder estar 20 minutos a descansar no sofá, enquanto a comida está a ser feita? Incrível! :)

                  Estou apaixonada pela minha Bimby já deu para ver claro!
                  A ideia que tinha era completamente errada, portanto vale a pena mesmo vermos uma boa demonstração e tirar todas as dúvidas fazer continhas e ver se não vamos poupar!

                  No gaz vou poupar agora é ver a luz, iogurtes que comprava mais de 70 iogurtes por mês de certeza que também irei poupar e o pão? muito mais saudável e o cheirinho em casa a pão? Já ninguém me tira esse prazer! e muitas mais coisas claro mas com o tempo eu irei ver  e claro dar a minha opinião em algumas receitas que aqui irei colocar.

                  Quero começar já a colocar receitas com a preparação Bimby, espero que seja uma boa noticia, pois já tive aqui várias meninas a pedirem me esse método e eu não sabia de todo ajudar pois não tinha a Bimby ainda :)

                  quinta-feira, 15 de outubro de 2015

                  Coma Manteiga!!!



                  Fonte do Artigo: 100Grãos|

                  Já aqui partilhei algum tempo um artigo sobre a manteiga, mas a verdade é que existem várias vertentes sobre a mesma.!

                  A verdade é que os temas sobre "nutrição" são muito amplos e por isso hoje deixo um artigo muito interessante que é "Coma Manteiga"!

                  Após ver este artigo e como acho que devemos abrir espaço para novos conhecimentos, desde que estejam devidamente fundamentados, como é o caso, mudei a minha opinião sobre a manteiga!

                  Claro que poderá haver pessoas que não irão concordar, há quem concorde e quem não concorde, apesar de as evidências e estudos científicos pelo que vi serem muito concretos e por isso a minha visão ter mudado :)

                  É relativamente recente o escândalo norte-americano que põe a descoberto o lobby entre a American Heart Association, financiada pela indústria da margarina e óleos de sementes processados há mais de meio século. A influência destas indústrias foi tão forte que chegou ao ponto de condicionar as decisões do senado no que respeitou à economia a favor do consumo desses produtos e de produtos agrícolas como o trigo e o milho.
                  De acordo com um artigo publicado na revista Time, diz Bryan Walsh: “Em 1977, um comitê do Senado liderado por George McGovern publicou sua assinatura histórica “Objetivos dietéticos para os Estados Unidos”, insistindo aos americanos para comer menos carne vermelha, ovos e laticínios e substituí-los com mais calorias provenientes de frutas, legumes e especialmente carboidratos.”
                  O desenvolvimento tecnológico da indústria de processamento de alimentos funcionou como aliado nas diretivas instaladas e colaborou no aumento drástico da taxa de obesidade norte-americana.

                  O mito do colesterol foi amplamente divulgado (e aproveitado) pela industria farmacêutica que aproveitou para lucrar com pânico instalado.

                  Com a publicação das recentes descobertas com base em estudos realizados, a verdade nutricional começa finalmente a ressurgir, com base na ciência clara e objetiva e acima de tudo, no bom senso dos consumidores. Os mitos associados à lipofobia alimentar, colesterol, carne e gorduras saturadas têm vindo a cair uns atrás dos outros. Em 2014 saiu um artigo na revista Time que veio declarar o fim da guerra ás gorduras com o título “Eat Butter”, traduzindo, "Coma Manteiga".


                  É já do conhecimento geral que o aumento no consumo de ómega 6 (gordura polinsaturada) está diretamente relacionado com o aumento da mortalidade por cancro e doenças cardíacas.

                  A gordura polinsaturada é mais instável quando submetida a variações de temperatura. Para isso basta pensar em deixar uma barra de margarina fora do frigorífico e ver como ela fica “rançosa” passado pouco tempo. Esta gordura oxida mais, promovendo a libertação de radicais livres. São esses radicais livres que danificam as células, promovendo a sua degradação precoce e envelhecimento.
                  A margarina e os óleos vegetais processados (óleo de soja, girassol ou canola) são muito ricos em ómega 6 e pró inflamatórios. Processados a altíssimas temperaturas, as gorduras oxidam imediatamente. De referir também que a gordura polinsaturada oxidada contribui para a oxidação do colesterol LDL, instabilizando-o e promovendo a criação de plaquetas no sangue e, consequentemente, a coagulação sanguínea.

                  A manteiga, por outro lado, é rica em vitaminas e minerais essenciais.

                  • Rica em vitaminas solúveis em gordura (A, E, K e D). , a manteiga é uma fonte de vitamina A de alta absorção, necessária e essencial para o metabolismo adequado da proteína; gera melhoria no funcionamento do sistema endócrino; promove um sistema imunológico forte, uma melhor função da tiroide, visão, metabolismo ósseo e saúde da pele. Ela é também um antioxidante poderoso e age em sinergia com a vitamina D e a vitamina K2, para um melhor equilíbrio de cálcio nos ossos, gerando uma maior densidade óssea.
                  • Rica em minerais, especialmente selênio, um antioxidante poderoso, a manteiga tem mais selênio do que muitos alimentos.
                  Os estudos desenvolvidos demonstram que em populações que alimentos industrializados foram introduzidos, substituindo o consumo de alimentos como estes ricos em vitaminas essenciais solúveis a gordura, os problemas de saúde se tornavam aparentes e as crianças nasciam frequentemente com estruturas ósseas faciais pobres.

                  A manteiga é ainda rica em ácidos gordas de cadeia média e curta, mais rapidamente utilizados como fonte de energia em vez de armazenados como gordura corporal.

                  O ácido butírico também está presente na manteiga, com propriedades anticancerígenas, ajudando no controlo do peso e promovendo a saúde da flora intestinal, agindo como anti-inflamatório.

                  Contém ácido gordo saturado, ácido láurico com propriedades anti virais e antimicrobianas, rica em CLA (ácido linoleico conjugado), garantindo uma elevada proteção contra o cancro. O CLA é ainda um importante aliado para manter o nível de massa gorda corporal mais baixa.

                  Ao contrário da margarina, que é rica em gordura polinsaturada ômega 6 oxidada, a manteiga possui quantidades muito baixas de ômega 6, equilibrada com o efeito anti-inflamatório de quantidades praticamente iguais de ômega 3.

                  Resumindo:

                  • O consumo de gordura saturada (manteiga) é benéfico ao sistema neurológico, regulando os níveis dos recetores de serotonina (neurotransmissor responsável pelo controle do humor). Regula o stress, energia e as hormonas sexuais (estrogênio, DHEA, testosterona).
                  • Ácidos gordos saturados constituem a maior parte das membranas celulares, garantindo às células a rigidez e integridade necessárias, tendo ainda um papel fundamental na saúde dos nossos ossos.
                  • É associado a menores níveis de doenças cardíacas e protege o fígado do álcool e outras toxinas.
                  • Junto com o colesterol a gordura saturada fortalece o sistema imunológico.
                  • Possibilita uma melhor utilização de ácidos graxos de cadeia longa, pois são melhores absorvidos nos tecidos quando a dieta é rica em gordura saturada.

                  Portanto a gordura não é prejudicial! Muito pelo contrário ela é o combustível preferido pelo metabolismo para ser usado como fonte de energia e tem sido assim durante a maior parte de nossa evolução como espécie quando havia grande disponibilidade de gordura para ser consumida ao longo de milhares de anos e a baixa disponibilidade de carboidratos.

                  segunda-feira, 12 de outubro de 2015

                  Passatempo Detox com a Drink6|Prazeres Saudaveis


                  A minha experiência detox que fiz com a drink6 como podem ver aqui, correu muito bem e reparei que muitas pessoas ficaram entusiasmadas em conhecer esta marca.

                  Pois é, eu não podia deixar de dar a oportunidade a vocês de poderem ganhar 1 dia completo deste mesmo detox :) 
                  Se ainda não fizeram o vosso detox depois das férias tem aqui uma excelente oportunidade.!


                  Para se habilitarem ao prémio, devem:
                  1. Partilhar o post (clique aqui) no facebook em modo público no seu mural;
                  2. Deixar comentário no post original do passatempo do facebook, dizendo a frase Passatempo "Detox com a Drink6" e indicando o nome de 5 amigos identificados.
                  3. Fazer like no facebook da Drink6
                  4.  Fazer like no facebook do Blog
                  5. O passatempo tem início hoje, dia 12 de Outubro, e termina no dia 08 de Novembro. O vencedor será eleito via Random.org e anunciado tão breve quanto possível. Posteriormente será contatado para a entrega do prémio.

                  sábado, 3 de outubro de 2015

                  O meu dia Detox Drink6|Cleansing

                  O Cleansing consiste em “limpar” o organismo através de uma alimentação saudável e equilibrada que nos ajuda a eliminar as toxinas do nosso corpo.A palavra Cleansing está associada aos sumos que, preparados de forma natural e sem aditivos, nos proporcionam vitaminas e enzimas que permitem ao nosso corpo descansar, ao mesmo tempo que eliminamos as toxinas.

                  Dia antes do meu detox
                  É importante um dia antes  começarmos a retirar alguns alimentos nas refeições, não é aconselhável submeter o organismo a um ritmo acelerado e reduzi-lo drasticamente no dia seguinte. Além disso, uma preparação inadequada pode fazer com que a eliminação de toxinas provoque efeitos secundários incómodos (ex.: dor de cabeça) 

                  Portanto eu neste dia eliminei por completo a carne, o álcool, o tabaco (não fumo), e o café, podemos substituir o café por chá em especial verde como eu não gosto mudei por chá de limão.Fiz uma dietaà base de legumes e frutas e bebi muita água.

                  Durante o dia do meu plano detox 

                  Com o programa detox da drink6 a única coisa que tive de fazer foi tomar os sumos e os cremes, pela ordem indicada. Só os sumos e cremes, sem nenhum alimento adicional.!
                  Além dos sumos e cremes podemos beber sim muita água e chá verde.

                  Sumo 1 (07:00 – 09:00) -  abóbora, toronja, laranja, água mineral, néctar de agave, manga e limão.
                  Aproveitei ter acordado cedo quando o Ricardo saio para o trabalho para beber logo este primeiro sumo.
                  Confesso que logo de manha beber sumo não é de todo o meu agrado mas, sendo um sabor muito bom, sabor tropical, até que não me custou nada.

                  Sumo 2 (10:00 – 12:00) - abacaxi, maçã, lima, menta e água mineral
                  Este sumo é igualmente saboroso, sabor muito bom, bebe-se muito bem.

                  Creme 3 (13:00 – 15:00) - ervilhas, nabo, azeite extra virgem de oliva, sal, hortelã fresca e água
                  Escolhi os cremes para almoço e jantar, confesso que não me via a beber sumos o dia inteiro, então com os cremes seria bem mais fácil.
                  Não me arrependo nada, apesar de assim que vi a sopa, verde..... vi ingredientes como menta, lima, pepino não sendo de todo alimentos que aprecie muito.... enganei-me, amei o creme era super super saboroso, comia 3 cremes destes ehheehehehhehe

                  Sumo 4 (16:00 – 18:00) - framboesa, amora, morango, banana, laranja, rabanete, néctar de agave e água mineral
                  Confesso que este sumo seria o que eu pensei que iria ser o meu favorito, tem frutas das quais eu adoro.
                  Bebe - se bem, mas não é de todo um sumo que iria repetir, pensava que iria ter um sabor mais intenso a amora e frutos vermelhos e não tinha.

                  Sumo 5 (19:00 – 21:00) - limão, menta, água, néctar de agave, pimenta caiena e pepino.
                  Último sumo, confesso que nunca tive fome até aqui a quantidade de sumo é muito elevada portanto acho quase impossível termos fome!
                  Assim que vi estes ingredientes, sabia que este sumo iria ser o que ia ter mais dificuldade em beber, é muito fresco, mas é demasiado ácido e como tem pimenta caiena ainda piora. Bebi é o que importa :)

                  Creme 6 (22:00 – 23:00) - cenoura, cebola, azeite de oliveira virgem extra, sal e água.
                  E terminou aqui o meu detox, não podia ter terminado melhor com este fantástico creme, sem dúvida muito bom, mas mesmo assim o do almoço era ainda melhor (=

                  A ideia de passar um dia inteiro apenas a líquidos numa 1º abordagem pareceu me assustadora, mas ao mesmo tempo, sabendo que é uma mais valia à saúde, achei que devia fazer!

                  Adorei e aconselho a todos a fazerem este detox eu fiz pois depois dos abusos das férias precisava mesmo deste detox.!

                  Sinto me muito menos inchada, (-800g) e principalmente consegui voltar a minha rotina de alimentação saudável sem qualquer dificuldade.

                  Sim porque sempre que exagero nas férias, depois para voltar a rotina normal custa me sempre um pouco, e este detox foi fantástico porque ao limpar, fez com que não tivesse aquela ansiedade de estar sempre a querer petiscar algo que não deva.

                  Aqui ficam os sites para conhecerem melhor estes sumos e cremes deliciosos (=


                  Twitter: @Drink6sumos
                  Instagram: @Drink6sumos