terça-feira, 13 de setembro de 2016

Engordei nas férias sim! E então?

 

 Ausência no Blogue - Saudades

Já passou 2 meses, sinto tanta a falta de aqui escrever e divulgar as minhas receitas, infelizmente sei que não sou a única a sofrer deste mal, mas tenho tanto pouco tempo para poder descansar, que estes meses aos fins de semana ando tão cansada que acabo por nunca conseguir fotografar as receitas que faço....

Quero muito conseguir fazer receitas e preparar de forma a conseguir aqui publicar com mais frequência, não por obrigação, mas sim porque gosto, sim gosto!!!
Faço por gosto, este canto é meu e vosso.

O blogue para mim é isso mesmo, um prazer! O prazer de saber que com tão pouco, consigo fazer bem ajudando tantas pessoas a começarem a gostar de comida mais saudável, a conseguirem mudar hábitos alimentares e hoje serem pessoas mais saudáveis e mais felizes :)

Fico feliz, pois todos os dias vejo as visualizações no blogue e apesar de ausente, continuo a ter quase as mesmas visualizações.

Obrigada a todos pela confiança, sempre que quiserem podem sempre me enviar mensagem, terei todo o gosto em ajudar no que precisarem.

Engordei nas férias sim! E então? 

Bem acho que todos que sofremos de excesso de peso, ou já sofremos, sabemos que assim que se aproxima a altura das  férias o que é que acontece? Entramos em Stress!

Pois bem e porque  que isto acontece? Nas férias não temos horários, logo não iremos fazer os lanches que temos por hábito fazer de 3 em 3 horas, vamos à praia e temos sempre a tentação dos gelados da bola de berlim, não vamos beber a água que devemos beber todos dias etc...
Vamos jantar fora e claro queremos sempre comer o que não devemos....

Bem vou dar a minha opinião :)

Aprendi estes anos todos no qual perdi peso/mantive, que o facto de vivermos tão obcecados com a ideia de perder peso, deixamos de nos focar no que realmente importa!
O fundamental  é sim  aprender a comer melhor! Pois é aprender a comer sim é importante, pois só assim iremos conseguir manter o peso que queremos para sempre, quem faz dietas e mais dietas, e ainda para mais agora que existem dietas e mais dietas da moda..... perdemos peso e depois?Recuperamos.......

Pois é, eu em todo o meu emagrecimento eu sempre quis aprender a comer, nunca fui adepta de dietas da moda, pois acredito que cada caso é um caso e por isso existem médicos (Nutricionistas) para nos ajudar nesse aspecto, começando por analisarem cada caso.

Bem eu nas férias tal como o nome diz (Férias)!, Eu tento aproveitar ao máximo as férias, sem problemas, sem regras, sem obrigações.

Por isso sempre que volto de férias tenho sempre 1 a 2 kilos ganhos! Sim ganho peso e então? Não vejo mal nisso, acho que devemos aproveitar as férias descansados comer coisas que gostamos e depois quando voltamos logo tratamos de esses kilos irem embora :)

Pois bem também não como bolas de Berlim todos os dias não isso também não :)

O que faço é por exemplo a bola de Berlim como sempre 1 a 2 nas minhas férias e tento sempre comer mais no fim das férias :) Pois se as comer no inicio fico com o paladar saboroso delas na minha boca e depois posso não conseguir resistir ;)

Após as férias o que faço é:

  • Lista de Compras;
  • Planeamento de alimentação para fazer na semana.

O que fiz foi um uma alimentação onde me inspirei na Drª Iara Rodrigues " Como perder 3 quilos numa semana", achei muito prático e não passamos fome, pois isso para mim é fundamental! 
Podem o ver aqui


Em jejum: um copo de água morna com umas gotas de limão


Pequeno-almoço: Eu fiz 5 dias o batido em que usei leite de aveia + fruta + sementes e os outros 2 dias foi no fim de semana fiz 1 iogurte com fruta e sementes.



1º lanche a meio da manhã:
triângulos de queijo magro


Almoço:  1/2 Sopa de legumes (sem batata) + Salada ou legumes e proteína (peixe, todos, ou carne de frango ou ovos.
Todas as refeições que fiz foi sempre a base de pratos confeccionados ao mais natural, ou seja sempre grelhados ou cozidos.


2º lanche a meio da tarde:
1 Peça de Fruta


3º lanche a meio da tarde:
Gelatina S/açúcar


Jantar: Sopa de Legumes (sem batata, leguminosas, nem hidratos de carbono - arroz, massa) ou 1 prato de salada ou legumes variados sem Proteína





Ceia: Chá e quando sentia fome comia uma gelatina.


Importante referir que devemos beber muita água! Sei que é dificil, pelo menos para mim é, mas tudo é um hábito por isso pelo menos 2 litros de água por dia.


E após uma semana com esta alimentação,  consegui perder os quilos que ganhei nas minhas férias :)
2,300kg, fiquei muito feliz :)

6 comentários:

  1. Olá. Comecei o texto a concordar consigo. Sim é essencial aprender a comer bem e desfrutar dos momentos de lazer com quem mais gostamos, nos quais a comida também está envolvida. Afinal é um dos pilares da dieta mediterrânica. As dietas da moda e à pressão nunca trazem resultados duradouros. Confesso nunca tive problemas de peso e passei uma adolescência a comer sem fim de porcarias. Aquando dos meus 20 anos decidi mudar a minha alimentação lentamente. Foi um processo orgânico em que as alterações na dieta ocorrer a par com a minha maturidade. Olhando para trás as vezes até me esqueço do percurso! O que eu queria dizer com esta lengalenga é que cada caso é um caso. ACho que temos direito ao nossos pecados, mas também não sou apologista de que se faça um "detox", à falta de melhor termo, para contrariar o efeito do pecado. Todos nós temos necessidades energéticas diferentes mas os hidratos de carbono são essenciais na nossa alimentação. Continue o bom trabalho!

    ResponderEliminar
  2. Olá. Comecei o texto a concordar consigo. Sim é essencial aprender a comer bem e desfrutar dos momentos de lazer com quem mais gostamos, nos quais a comida também está envolvida. Afinal é um dos pilares da dieta mediterrânica. As dietas da moda e à pressão nunca trazem resultados duradouros. Confesso nunca tive problemas de peso e passei uma adolescência a comer sem fim de porcarias. Aquando dos meus 20 anos decidi mudar a minha alimentação lentamente. Foi um processo orgânico em que as alterações na dieta ocorrer a par com a minha maturidade. Olhando para trás as vezes até me esqueço do percurso! O que eu queria dizer com esta lengalenga é que cada caso é um caso. ACho que temos direito ao nossos pecados, mas também não sou apologista de que se faça um "detox", à falta de melhor termo, para contrariar o efeito do pecado. Todos nós temos necessidades energéticas diferentes mas os hidratos de carbono são essenciais na nossa alimentação. Continue o bom trabalho!

    ResponderEliminar
  3. Fiquei fascinada com este post, realmente é uma realidade mesmo , não retirava nem uma virgula do que disse.
    Esta estação do ano, é uma loucura mesmo, família em casa, jantaradas, gelados com fartura e não falando nos petiscos extras.... vai mais uns kilinhos a mais !
    Gostei da dica e vou seguir , obrigada pela partilha.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Querida Vanessa, que bom ler-te! Já tinha saudades e espero ver mais receitas tuas em breve! Sabes que sou tua fã e que a tua história foi uma das que me deu força e motivação para emagrecer. Há uns meses atrás sugeri esta dieta no meu blog pois é ótima para depois de uma época de excessos. Fi-la a seguir à Páscoa e resulta mesmo! E não é assim tão rigorosa ou restritiva como possamos pensar. Nem maluca, é mesmo muito bem pensada. Recentemente também falei sobre os quilos que se ganham nas férias. Contei um pouco sobre a minha alimentação diária. Comi coisas boas mas sempre sem exageros. Porque o meu lema é comer de tudo mas sem excesso. Assim é uma forma de poder vir das férias satisfeita porque como um pouco de tudo o que gostava e me apetecia mas sem ter ganho muitos quilos (embora tenha tido uma situação caricata à volta disto que conto lá). Ganhei 1kg que ao final de três dias já tinha perdido. Vendo bem nem foi bem peso que ganhei, foi mais inchaço devido ao tipo de comidas e ao facto do meu organismo já não estar habituado! Porque para mim não faz sentido nenhum fazer sacrifícios nas férias e deixar de comer o que gostamos. Afinal a vida são dois dias! Temos de aproveitar! Mas sempre com moderação! E não tem mal nenhum! Porque depois recuperamos rapidamente e sem esforço! Lá está, porque fizemos uma "dieta" sensata e equilibrada e não dietas malucas porque essas é que nos fazem perder peso depressa mas ganhá-los novamente ainda mais depressa! Essa tática de deixar coisas que gostamos mais para o fim das férias é uma boa tática! Também sou assim, se acontece comer uma coisa que gosto muito depois dá-me sempre vontade de repetir mais vezes! Mas também se me apetece muito uma coisa e evito por muito tempo é pior porque depois acabo por compensar noutras coisas. De vez em quando não faz mal cometer um pecado! Beijinho grande

    ResponderEliminar
  5. Também ando numa fase de rejeitar as dietas, há que aprender a comer, a ouvir o corpo. A vida é curta para tantas obsessões!
    Beijinhos
    ex fashionista ;)

    ResponderEliminar
  6. Concordo totalmente, acho que é normal se dar certas liberdades de vez em quando. Não podemos deixar de aproveitar as férias, festas de final de ano, ou qualquer outro período de descontração e ficar se atendo à dieta... Já fiz muito isso na vida, e você acaba deixando de aproveitar coisas importantes. Afinal, qual o sentido se você não puder aproveitar alguns momentos de liberdade? Nada que uma dieta detox por duas semanas depois não resolva...

    ResponderEliminar